Capital do Inox comemora 54 anos de emancipação

por Comunicação Social publicado 27/04/2018 17h09, última modificação 27/04/2018 17h09

Timóteo é um município brasileiro no interior de Minas Gerais, região Sudeste do país. Pertence à Região Metropolitana do Vale do Aço e se localiza a leste da capital do estado. O começo do povoamento ocorreu em meados do século XIX, quando Francisco de Paula e Silva adquiriu três sesmarias na localidade e se instalou em uma delas, no atual bairro Alegre, próximo ao chamado Ribeirão de Timóteo. Francisco estabeleceu a agricultura e a criação de gado, incentivando a formação de um povoado, mais tarde batizado de São Sebastião do Alegre. Em 1938, houve a criação do distrito subordinado a Antônio Dias, já com a denominação de Timóteo, que na década seguinte foi escolhido para sediar o núcleo industrial da Acesita, atual Aperam South America. Isso só foi possível dada a facilidade de recebimento de matéria prima e escoamento por meio da EFVM, disponibilidade de água no rio Piracicaba e madeira nas vastas matas locais. Em 1948, foi anexado ao município de Coronel Fabriciano.

A pedido da Acesita foi construída uma vila operária destinada a seus trabalhadores, paralela ao núcleo urbano original, porém seu desenvolvimento incentivou a emancipação em 1964. Essa situação levou à divisão da cidade em dois agrupamentos: um composto pelos bairros construídos pela empresa, região que cresceu ao redor do Centro-Norte e ainda hoje é conhecida como "Acesita", apesar da mudança de nome da empresa, e o outro formado a partir das ocupações originais no Centro-Sul, que por sua vez é referido como "Timóteo". Apesar do crescimento do setor de serviços, a indústria ainda representa a principal fonte de renda municipal e sua manutenção na região contribuiu para a formação da Região Metropolitana do Vale do Aço, que corresponde a um dos principais polos urbanos do interior do estado.

O município tem cerca de 35% de sua área protegida pelo Parque Estadual do Rio Doce, que constitui a maior reserva de Mata Atlântica de Minas Gerais. Tradições como o artesanato, as escolas de samba carnavalescas e o congado se destacam na cidade, da mesma forma que atrativos como o Pico do Ana Moura; a Igreja São José Operário, construída pela Acesita para a celebração das atividades religiosas dos fiéis da antiga vila operária; e as praças 29 de Abril e 1º de Maio, que estão entre as principais áreas de lazer e de promoção de eventos da região. A Aperam South America, sob intermédio da Fundação Aperam-Acesita, mantém um centro cultural que conta com teatro, um museu da empresa e áreas destinadas a exposições, cursos e aulas de teatro, além de ministrar oficinas em escolas e áreas públicas.

Em 2017 foi lançado o projeto “Timóteo, Capital do Inox – Das nossas mãos pra todo o Mundo” que prevê a atração de novas empresas ligadas ao beneficiamento do inox e novas oportunidades de negócios, através de vários incentivos fiscais e da infraestrutura disponível no Distrito Industrial. O projeto foi lançado na Expo Inox, evento que projetou a imagem de Timóteo como a Capital do Inox, por todo o país.

 

Neste ano, a Capital do Inox consolida sua imagem atraindo mais empresas para Timóteo, que comemora seus 54 anos de emancipação político- administrativa. O presidente da Câmara, Adriano Alvarenga, felicita a cidade e comenta sobre a responsabilidade dos gestores para com o município e sua população. “Gostaria, como presidente do Poder Legislativo, de parabenizar a nossa cidade pelos seus 54 anos de emancipação e chamar a responsabilidade para que todos nós, que estamos a frente das instituições, possamos preservar com determinação e compromisso, as políticas públicas que garantam para a nossa gente a melhoria da qualidade de vida. Parabéns a nossa cidade.”

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.