CPI dos Medicamentos já tem presidência definida

por Comunicação Social publicado 27/08/2018 16h18, última modificação 27/08/2018 16h18

Foi realizada, na tarde desta segunda-feira, 27, a primeira reunião da Comissão Parlamentar de Inquérito. A comissão investiga a suposta compra de medicamentos da Prefeitura de Timóteo, sem a devida entrega. A falta desses medicamentos teria causado desabastecimento em diversas localidades do município.

 

Foram eleitos o presidente, Geraldo Moreira Nanico, o vice-presidente, Wladimir Careca e designado como relator, professor Diogo Siqueira. Ficou deliberado, durante o encontro, que será realizada nova reunião na próxima sexta-feira, 31. O encontro acontecerá após a análise do relatório da auditoria realizada pelo vereador Adriano Alvarenga, quando estava à frente do Executivo, que constatou as irregularidades que motivaram a instauração da CPI.

 

De acordo com o presidente da comissão, Geraldo Moreira Nanico, o objetivo é dar uma resposta aos moradores de Timóteo sobre a denúncia levantada. “Pelo que apuramos os medicamentos parecem ter sido comprados, no entanto, não foram entregues. Isso causou desabastecimento na cidade, o que é muito sério. Estamos tentando entender o que realmente acontecia. A partir do segundo encontro iremos ouvir, se necessário, algumas pessoas para nos ajudar a resolver a questão”, explica.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.