Educação como forma de superar desafios

por Comunicação Social publicado 14/03/2018 11h13, última modificação 14/03/2018 11h13
Educação como forma de superar desafios

Vânia Lamas e Mateus Lamas, seu filho

Câmara continua rodada de homenagem às mulheres

 

No último dia 8 de março, a Câmara de Timóteo iniciou uma rodada de homenagens às mulheres com uma servidora, representando as mulheres da Casa. Dando continuidade, a homenageada da vez é a educadora Vânia Maria da Silva Melo Lamas.

 

A educadora nasceu em João Monlevade, mas adotou Timóteo como sua cidade do coração aos 23 anos, quando casou-se com Carlos Alberto Lamas. A família cresceu e juntos tiveram 3 filhos: Mateus de Melo Lamas, Tiago de Melo Lamas e Arthus de Melo Lamas.

 

Desde a infância escolheu o magistério por profissão e assim graduou-se em Pedagogia. Atuou na Educação Básica, Ensino Médio, Superior e Educação Especial em diversas instituições da região. Como educadora, desde cedo teve contato com alunos especias, que já antecipavam seu desafio futuro. Então Vânia procurava fazer seu melhor para trabalhar com eles. “Naquela época não tínhamos esta base que temos hoje: buscávamos no incerto, para ver o que poderíamos contribuir para o desenvolvimento deles”, explica.

 

Sobre seus desafios, ela conta que estava sendo preparada em sala de aula. “Eu acho que, com a procura de qualidade de ensino para os alunos especiais, Deus já estava me preparando para o Mateus, que tem Síndrome de Down ”, conta.

 

A partir do Mateus fui me orientando cada vez mais, buscando entidades e todas as possibilidades, realizando um trabalho em família. O resultado é que ele é alfabetizado, tem certa independência e trabalha. Mas o nosso maior desafio é buscar os direitos não só para o Mateus, mas, também, para outras pessoas que possuem alguma deficiência”, exprime.

 

Atualmente dedica a sua participação em movimentos sociais como presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Timóteo e participa do fórum de Defesa de Direitos da Pessoa com Deficiência de Timóteo. “Participo desses movimentos com o objetivo de buscar melhorias para as pessoas com deficiência de nossa cidade. Um exemplo de conquista foi a melhoria da acessibilidade da estação ferroviária Mário Carvalho, que conseguimos em diálogo com a Vale. Aos poucos vamos avançando”, relata.

 

Vânia enumera a acessibilidade e a inserção no mercado de trabalho como os principais desafios para a pessoa com deficiência atualmente no município. “Por essas dificuldades o trabalho do conselho e do fórum é associado com outras instituições como Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), Adevita (Associação dos Deficientes de Timóteo e Amigos), Creia (Centro de Educação Inclusiva Ativa) e Pastoral da Pessoa com Deficiência, para conseguirmos dar a eles mais independência e prepará-los para o mercado de trabalho”, conclui.

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.